Navegue Por Aqui

Abradee diz que é necessário manter equilíbrio econômico e financeiro do setor

Data: 20/3/2020

Em um momento em que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, avalia a suspensão do pagamento das contas de água e luz no estado para reduzir os gastos da população por causa da pandemia do coronavírus, a Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) afirmou que para assegurar o pleno atendimento dos consumidores em meio à crise, é fundamental manter o equilíbrio econômico-financeiro das companhias.

“Neste momento de ampla mobilização em função da pandemia covid-19, o novo coronavírus, as distribuidoras de energia elétrica vêm tomando medidas visando garantir a operação do serviço em todos os estados em que atuam, tendo em vista a assegurar aos consumidores a continuidade e adequação do serviço prestado”, afirmou a Abradee em nota.

A associação alerta para que todas as ações continuem sendo realizadas, é necessário que “o fluxo de recebimentos das faturas de energia compostas, além dos custos de distribuição, de parcelas de geração, transmissão, encargos e tributos estaduais e federais , que juntos somam mais de 80% dessa conta de luz, não pode ser interrompido, sob pena de inadimplência generalizada em todos os elos mencionados, especialmente para a arrecadação tributária aos Estados da União que contam com esses recursos, via tarifa, inclusive para suas ações na área de saúde”, explicou.

A Abradee disse ainda, que qualquer medida de desoneração aos consumidores só pode ser implementada “com a adequada análise do poder concedente e regulador, inclusive por questões constitucionais, precedida necessariamente de um novo arranjo legal com todos os segmentos envolvidos e que juntos estão inseridos na conta de luz”, como geradores, transmissores, governos estaduais e federal, e beneficiários de encargos e benefícios.

Fonte: UOL - Denise Luna