Navegue Por Aqui

ANEEL propõe redução nos valores das bandeiras tarifárias

Data: 17/03/2020

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) abriu no último dia 12 consulta pública para debater uma redução nos valores das bandeiras tarifárias. De acordo com a sugestão da ANEEL, o valor cobrado com o acionamento da bandeira vermelha patamar 2 mudaria de R$ 6,243 a cada 100 kWh para R$ 5,264, uma queda de 16%, enquanto o patamar 1 cairia 22%, passando de R$ 4,169 para R$ 3,240. A bandeira amarela passaria de R$ 3,343 a cada 100 kWh para R$ 3,306, representando uma pequena redução de 3%.

A ANACE está analisando a proposta e calculando os impactos possíveis para os consumidores. “A princípio, representa uma economia, mas é necessário averiguar se a medida não impactaria as tarifas futuramente”, pondera Carlos Faria, diretor presidente da ANACE.

O objetivo principal do sistema de bandeiras tarifárias é sinalizar para o consumidor os momentos de maior necessidade de economia de energia. Mas há uma segunda motivação: a arrecadação antecipada de valores para cobrir os custos de geração extra de energia em momentos de hidrologia desfavorável. A medida preventiva evita o pagamento de juros e outros gastos, aliviando as tarifas.

Fonte: Boletim ANACE