Navegue Por Aqui

Projeto Ano do Mercado Livre reunirá em 2012 diferentes segmentos do setor elétrico

Data:

Campanha feita em parceria com o Grupo CanalEnergia pretende ampliar a comunicação entre os agentes do setor, setores econômicos e a sociedade em geral
Geradores, comercializadores e grandes consumidores de energia vão trabalhar de forma articulada para inserir o mercado de curto prazo como tema relevante da pauta de discussões do setor elétrico no próximo ano. Lançado em parceria com o Grupo CanalEnergia, o projeto “2012, o ano do mercado livre” teve a adesão de nove associações empresariais do setor, que usarão o peso de sua representatividade para promover uma série de ações voltadas para a divulgação do papel desse mercado na competitividade da economia brasileira. A ideia é de que a a abertura da campanha seja feita nas dependências do Congresso Nacional.

A iniciativa terá como parceiros a Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia Elétrica (Abraceel); Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine), Associação Brasileira de Energia Eólica ( ABEEólica), Associação Brasileira dos Investidores em Autoprodução de Energia Elétrica (Abiape), Associação Nacional dos Consumidores de Energia (Anace), Associação Brasileira dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace), Associação Brasileira de Geração Flexível (Abragef), Associação Brasileira de Geradoras Termelétricas ( Abraget) e a Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa (Abragel).
Todas essas entidades farão parte de um comitê de coordenação, responsável por definir a estratégia da campanha, que tem como objetivo ampliar a comunicação com a sociedade, a indústria e o segmento comercial. Essa aproximação com diferentes segmentos se dará por meio de ações como o desenvolvimento de um website para o público em geral, com informações sobre o funcionamento do mercado livre de energia elétrica.
“O mercado livre é um importante fator de competitividade da economia brasileira. A indústria consegue isso ao fazer negociações nesse ambiente. A importância dessa campanha é mostrar a outros consumidores, que ainda não conhecem esse mercado, a importancia que ele tem”, explica o presidente-executivo da Abraceel, Reginaldo Medeiros, um dos organizadores do movimento.
Discussões relevantes sobre as grandes questões que envolvem as operações no mercado livre e seus impactos econômicos e na oferta de energia serão levantadas em eventos como o encontro internacional sobre o mercado livre em Brasilia, em workshops, em reuniões com formadores de opinião e representantes do governo, e em missões comerciais para conhecer experiências em outras partes do mundo. Cartilhas com informações tratadas de maneira didática para os consumidores, cursos para operadores de mercado, consumidores e demais interessados, além de campanha publicitaria para divulgação na mídia de uma atividade pouco familiar para a maioria da população estão entre as atividades prevista para 2012.

Responsável por dar suporte a todas essas ações, em parceria com as instituições envolvidas na organização do evento, o diretor-executivo e de jornalismo do Grupo CanalEnergia, Rodrigo Ferreira, destaca a importância da campanha para o setor. “O objetivo do CanalEnergia é divulgar e oferecer informações sobre o setor elétrico. O objetivo do Ano do Mercado Livre é dar conhecimento à sociedade em geral do que é o Mercado Livre de energia elétrica. Por isso, essa inciativa está completamente alinhada com os objetivos da nossa empresa”, afirma.

Fonte: CanalEnergia

Fonte: