Navegue Por Aqui

Repasse energético (Mercado Aberto)

Data: 10/6/2013

A cessão de excedentes de energia elétrica proporcionará contratos de maior duração entre o mercado livre (formado por grandes consumidores) e as geradoras, de acordo com a Anace (associação dos consumidores).

“Com a permissão de negociar o que não foi utilizado, o consumidor não ficará exposto a uma possível volatilidade do setor. Isso favorece a confecção de contratos mais longos”, afirma Carlos Faria, presidente da Anace.

Uma portaria do Ministério de Minas e Energia criou o modelo que entra em vigor em fevereiro de 2014.

“Com a portaria, os contratos de longo prazo deverão crescer 20%”, diz Faria.

O repasse do insumo energético trará também maior liquidez ao setor, conforme Marcello Mello, CEO da Brixx.

“A medida nos possibilitará oferecer o excedente ao mercado com um valor justo e negociar conforme o interesse de cada um.”

Leia aqui:www1.folha.uol.com.br/fsp/mercado/113271-intencao-de-compra-cai-ao-nivel-de-setembro-de-2009.shtml

Fonte: Folha de S Paulo – Maria Cristina Frias

Fonte: Folha de S Paulo - Maria Cristina Frias