Navegue Por Aqui

Hidrelétricas reversíveis voltam à discussão

Data: 18/07/22

As chamadas hidrelétricas reversíveis ainda não existem no Brasil, mas o tema já está recebendo atenção do setor. Artigo do aluno do Mestrado em Metrologia do CTC/PUC-Rio Guilherme Cosentino foi premiado na última edição do SNPTEE e mostra que as reversíveis podem ser uma importante fonte de benefícios para regiões com demanda de água e energia, criando empregos, melhoria de vida e valorização econômica dos locais que receberem as plantas. O artigo trata dos desafios regulatórios para sua inserção no país.

Esse tipo de usina pode contribuir com o sistema através de serviços de flexibilidade, reserva operativa, auto restabelecimento e controle de frequência. A sugestão é que a regulação crie produtos capazes de fazer a remuneração das reversíveis, como leilões de capacidade e multiatributos, além de mercados de capacidade e de flexibilidade.

Atualmente, o deslanche desse tipo de UHE esbarra na remuneração dos serviços ancilares.

Confira a reportagem completa em: https://www.canalenergia.com.br/noticias/53218876/hidreletricas-reversiveis-voltam-a-discussao

Fonte: Canal Energia