Navegue Por Aqui

ANACE promove debate entre consumidores

Data: 2/9/2020

 

O último GT de Energia da Associação Nacional dos Consumidores de Energia (ANACE) aconteceu no dia 20 de agosto, aberto ao público, e trouxe associados para debater os impactos da crise para os consumidores de energia e compartilhar suas experiências. A coordenadora de compras da Klabin S.A., Alessandra Cossovan, contou aos espectadores que a empresa manteve o ritmo de produção bem próximo ao registrado no fim do ano passado. “Mas tivemos, como todos, de nos reinventar. Mais de 80% da produção de celulose foram direcionados para a indústria de alimentos.” Cossovan relatou, ainda, que a Klabin conseguiu negociar a venda de sua energia excedente no mercado livre de energia.

A BRF S.A. reduziu a velocidade de produção, conforme relatou Cleverton Borchardt, gerente de suprimentos em recursos energéticos da empresa. O executivo afirmou que a política energética adotada pela empresa deu conta de realocar a energia que sobrou enquanto a produção foi desacelerada. “Também estudamos alternativas para o futuro que vão nos deixar menos expostos à variações tarifárias, como investimentos em autoprodução e geração distribuída, essas opções também estão alinhadas ao nosso objetivo de contribuir com a questão ambiental”, afirma. 

Rafael Santos, gerente corporativo de compras técnicas da Saint-Gobain e conselheiro da ANACE, também falou sobre a importância de os consumidores buscarem alternativas. Santos relatou que a Saint-Gobain interrompeu quase 100% da produção por um mês e meio. “Ficou evidente que um bom planejamento faz toda a diferença em momentos eventuais de problemas com consumo de energia”, comentou. O conselheiro também destacou que contratos firmados com planejamento estratégico e possibilidade de flexibilidade também foram fundamentais para mitigar os impactos.

Fonte: Boletim ANACE