Navegue Por Aqui

Com dívida de R$ 9 bi, obra de Angra 3 segue sem previsão de término

Data: 7/9/2020

A obra de infraestrutura mais cara do Brasil, atualmente, é um projeto que acumula 30 anos de paralisações em seu currículo, arrasta uma dívida de R$ 9 bilhões em financiamentos com bancos públicos e depende de mais R$ 15 bilhões para que possa, finalmente, ser concluída. A usina nuclear de Angra 3 concentra hoje boa parte das atenções do Ministério de Minas e Energia, que decidiu levar adiante o projeto. A questão é como fazer isso.

No mês passado, uma auditoria da PwC analisou as contas da Eletronuclear, estatal do Grupo Eletrobras que é dona da usina. A empresa alertou que a situação crítica da obra tem drenado praticamente todos os recursos da Eletronuclear.

Confira a notícia completa em:https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2020/09/07/angra-3-ainda-e-uma-incognita-bilionaria.htm

Fonte: UOL- André Borges